Jornal Aliança

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Home Colunas Comunicação Espinhos e alegrias de cada um

Espinhos e alegrias de cada um

E-mail

Queridos leitores e leitoras, bom ter vocês me acompanhando de novo. Diz a estória que durante a era glacial, muitos animais morriam por causa do frio. Os porcos-espinhos, percebendo a situação, resolveram se juntar em grupos, assim se agasalhavam e se prote-giam mutuamente, mas os espi-nhos de cada um feriam os com-panheiros mais próximos, justa-mente os que ofereciam mais ca-lor. Por isso decidiram se afastar uns dos outros e começaram de novo a morrer congelados. Então precisaram fazer uma escolha: ou desapareciam da Terra ou aceita-vam os espinhos dos companhei-ros. Com sabedoria, decidiram voltar a ficar juntos. Aprenderam assim a conviver com as pequenas feridas que a relação com uma pessoa muito próxima podia causar, já que o mais importante era o calor do outro. E assim so-breviveram.

Qual  a perspectiva que você tem colocado fé nos seus planos e nas pessoas que estão a sua volta? Foi com muita alegria que boa parte da mídia transmitiu no último domingo a chegada da cruz missionária da juventude vinda do Vaticano ao Brasil. Para quem não sabe, a Chegada da Cruz precede a Jornada Mundial da Juventude que ocorrerá em nosso país em 2013. Está cruz per-correrá todas as dioceses do país e para isso chegou com 1 ano e al-guns meses antecipadamente.

A dinâmica da jornada é bem prá-tica, jovens de todo mundo se reúnem em determinado país e lá contam com a presença do Papa (como principal animador), moti-vando ao encontro. Quem já pode ver não me deixa mentir do quan-to é emocionante toda essa ceri-mônia e ter tudo isso no Brasil Imperdível. Gosto muito da ju-ventude, que tem garra, que sabe o que quer, que batalha, que sofre, que vence, que caminha. Desde muito novo participei de movi-mentos religiosos ligados direta-mente a Juventude e sempre me encantei de estar entre eles.

Voltando um pouco a jornada que se realizará no Brasil, podemos ver o reflexo de uma juventude que mostra a cara e está pronta para vencer, com fé em Deus as bata-lhas do dia-a-dia. É com muita criatividade que a arquidiocese criou e nomeou o evento “Bote Fé” no final de se-mana para receber a cruz com o ícone de Maria. Foi lindo ver a expectativa no olhar dos jovens e o reflexo do hi-no do evento em cada um de seus olhares “no peito eu levo uma cruz, no meu coração o que disse Jesus”. A você que me lê eu per-gunto: qual tem sido o grau da fé que você tem colocado em você e por consequência nos seus atos diários?!

Com certeza teremos muitos espinhos que podem atra-palhar nossos relacionamentos e situações que vivermos, mas co-mo podemos tirar da estória é o que vale que nem tudo é tão ruim o quanto parece. Bote fé. Diria sabiamente meu pai..Rezar (a acrescento ainda AGIR!) Resolve! Forte abraço!

 
Joomla Slide Menu by DART Creations

Conteúdo Exclusivo

Seja um assinante e tenha acesso a este conteúdo! Ligue agora!(15) 3246-3700

Pesquisar no Site:

Você está conectado através do IP: 54.225.31.188