Jornal Aliança

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Home Opinião Editorial Começa a corrida eleitoral

Começa a corrida eleitoral

E-mail

   Com a realização das convenções municipais e a escolha dos candidatos, o país entra num ritmo acelerado de propostas, denúncias e paixão com a realização das eleições 2012. É chegado o momento de fazer uma reflexão, um balanço e friamente analisar as melhores propostas e o histórico de cada candidato. Um novo fenômeno, chamado "ficha limpa", promete banir da vida pública, pelo menos por oito anos, aqueles que tiveram condenações julgadas em segunda instância (órgão colegiado). Mais uma vez, o cidadão tem em suas mãos a oportunidade de exercer seu direito sagrado de escolha livre e secreta, daqueles que irão governar nossa cidade por mais quatro anos. É uma responsabilidade imensa.

   O ideal é que tenhamos clareza mental de votar em propostas, projetos e não em pessoas. Quanto mais o candidato se comprometer, mais merecerá sua atenção. Esse é o momento de exigir e documentar compromissos para melhorar continuamente os serviços em prol da comunidade. Infelizmente, ainda existe a "venda de votos", que são trocados por cestas básicas, pagamento de água, energia elétrica, telefone, telhas, tijolos e outros meios ilícitos de garantir resultado nas urnas. E essa prática ainda persiste porque uma boa parcela dos políticos é corrupta e uma boa parcela da população também é, pois correm atrás dos candidatos para fazerem suas reivindicações pessoais.

   Enfim, prevalece o egoísmo. Primeiro "eu", depois os "outros". Enquanto estivermos agindo assim, o mundo ainda continuará em guerra, as diferenças sociais serão gritantes e estaremos condenando as futuras gerações a continuarem com os mesmos problemas de sempre. Não peça para seu candidato pagar uma cerveja para você, exija que ele construa uma estrutura de desenvolvimento e educação na sua cidade, para garantir dinheiro no seu bolso. Aí sim, você o chama para tomar uma cerveja com o seu dinheiro. 

   Estão se apresentando para o pleito, vários prefeitos em exercício, concorrendo pelo segundo mandato, ex-prefeitos, buscando a volta ao poder e alguns novatos que se assustam com os bastidores de uma campanha eleitoral e outros que servem de massa de manobra, de degrau para garantir coeficiente eleitoral para eleger os mesmos de sempre. De qualquer forma, tudo isso faz parte da democracia, um modelo dinâmico, que ainda precisa ser melhorado, mas que não conhecemos nenhum outro regime tão bom quanto este. Mas a liberdade tem seu preço.

   Não basta eleger nossos representantes, é preciso fiscalizar seu trabalho, acompanhar a aplicação dos recursos públicos, afinal é o dinheiro do seu imposto, suor do seu rosto, que deve ser aplicado da melhor forma possível. E quanto aos maus elementos, que usurpam do poder, desviam o dinheiro da sua saúde, da educação de seus filhos, não permitindo que a cidade se desenvolva, dê a eles o troco, você tem a chance de fazer a mudança que julgar justa. Limpe dos corredores públicos, tanto no executivo, quanto no legislativo os que viraram as costas para o povo.

   Mas graças a Deus, ainda existem os bons políticos, que sofrem no meio dos maus. Eles estão fazendo o que é possível, nem sempre o que é necessário. Se tiver que reeleger alguém, multiplique sua atenção, mas não se esqueça de que nem tudo está perdido, ainda existem bons políticos, que só não são melhores, porque ainda é a minoria. Mas isso cabe a você mudar com o seu voto. Desejo de coração, que sua alma seja iluminada, sem preconceito, sem distinção, mas com amor, zelo e esperança em um futuro melhor, que saiba escolher o melhor time para governar nossa cidade pelos próximos quatro anos. E boa sorte para todos nós.

 
Joomla Slide Menu by DART Creations

Conteúdo Exclusivo

Seja um assinante e tenha acesso a este conteúdo! Ligue agora!(15) 3246-3700

Pesquisar no Site:

Você está conectado através do IP: 54.145.103.69