Jornal Aliança

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Home Opinião Rapidinhas 02/03/2014

02/03/2014

E-mail

Sem bueiros

Cesário Lange está longe das enchentes, mas, dos alagamentos, não podemos dizer o mesmo. A reclamação dos moradores é de que qualquer chuva deixa as ruas um caos. Isso acontece porque a cidade não conta com bueiros suficientes e também pela falta de educação de alguns cidadãos que jogam lixo na rua entupindo os poucos escoamentos existente. Já faz tempo que a cidade sofre com isso, mas até agora ninguém fez nada. Passa ou entra gestão e o problema continua.

Mais abrigos

Moradores da Vila Nova e bairros vizinhos estão pedindo por abrigos nos pontos de ônibus da Avenida Três de Maio. Alguns bairros contam com essa melhoria, mas lá, quem precisa esperar ônibus tem que enfrentar sol, chuva, frio e outros fatores climáticos, por falta de cobertura nos pontos de ônibus. Todos reclamam, mas a situação é ainda mais difícil para os trabalhadores e estudantes, que buscam o sustento familiar e a formação profissional em cidades vizinhas.

Está ruim

Muitos cidadãos estão aborrecidos com as operadoras de celular. O motivo é que os aparelhos têm ficado sem sinal e sem nenhum motivo aparente. O problema na maioria das vezes acontece com usuários da VIVO. Recebemos relatos de pessoas que tentaram ligar para a central de atendimento da operadora e que são informados de que não há falha no sinal. Segundo usuários, com as outras operadoras o problema também acontece, porém, com menos frequência.

O povo quer

A população do Brasil reclama que paga a mais alta carga tributária do planeta e tem um dos piores serviços públicos do mundo. Querem coerência e transparência. Não shows e estádios espetaculares, enquanto faltam recursos para outras prioridades. Querem um futuro melhor para os descendentes. Não querem desestabilizar o governo, querem apenas a punição para os desvios de conduta exercidos por homens de poder, pois a impunidade é a mãe da corrupção.

Regras a risca

Na busca pelo conforto, economia e também praticidade, muitas pessoas estão adaptando as bicicletas comuns com motores. Porém, o que a maioria dessas pessoas desconhece é que pela Legislação de Trânsito, as bicicletas motorizadas recebem o nome de ciclomotores e também têm regras específicas de circulação. Assim como qualquer outro veículo, para se conduzir uma bicicleta com motor é necessário possuir habilitação, e ser maior de idade.

Será multado

A bicicleta com motor pode ser apreendida por falta de licenciamento, e quem guia pode ser multado se não estiver portando a habilitação adequada (categoria A), a mesma indicada para as motocicletas, ou uma ACC (Autorização para condução de Ciclomotores). O processo de habilitação não é mera formalidade. As aulas que o condutor precisa fazer para tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), tanto as teóricas quanto as práticas, são imprescindíveis para o trânsito.

É responsável!

A fragilidade do veículo, aliada a velocidade desenvolvida, são os grandes perigos da bicicleta motorizada e até mesmo da elétrica. Segundo a lei, os pais que autorizam filhos a conduzi-la podem ser responsabilizados criminalmente por exporem seus filhos a riscos. Estão entregando um veículo a pessoa não-habilitada e menor, o que é proibido. Há previsões legais para esse tipo de atitude até no Estatuto da Criança e do Adolescente. Por tanto pais, fiquem mais atentos.

Na contramão

Falando em bicicletas, devemos lembrar que há quem desconheça que é proibido andar na contramão, ou ainda os que ignoram as regras colocando em risco a sua segurança. É oportuno lembrar que não há o hábito dos condutores de usarem os acessórios de segurança: Espelhos retrovisores, de ambos os lados; Farol dianteiro, de cor branca ou amarela; Lanterna, de cor vermelha, na parte traseira; Velocímetro; Buzina e Pneus que ofereçam condições mínimas de segurança. 

Está novo...

Com menos de dois anos de inauguração, o asfalto da Rua vereador Almiro da Silva, na Vila do Cruzeiro, está cheio de buracos e preocupa a população. O local é alvo de reclamações dos motoristas. A obra foi inaugurada em abril de 2012, e desde então o tráfego de caminhões e de veículos aumentou significativamente. A estrada, antes pouco usada, agora é uma das mais frequentadas, como um caminho alternativo por interligar a Vila do Cruzeiro, ao Jardim Europa e Vila Brasil.

Mas estragou   

A maior preocupação da população com os buracos da Rua Almiro da Silva é com o acesso das ambulâncias, já que a estrada é uma das principais vias de acesso dos bairros à Beneficência Hospitalar de Cesário Lange, que fica na Vila Brasil. Muitas vezes em casos de urgência e emergência a assistência precisa passar pelo local em alta velocidade o que pode provocar sérios acidentes devido aos buracos no asfalto. O caso merece uma atenção especial da administração.

Mais respeito

O grande número de veículos na cidade de Cesário Lange tem causado diversos transtornos. Um deles está sendo para os motociclistas, que encontram carros parados nos bolsões, onde somente as motos deveriam estar estacionadas. Também é fácil ver vagas de deficientes e de idosos sendo ocupadas de forma irregular. Além de uma fiscalização mais atuante, nossa cidade precisa de mais conscientização e respeito às leis de trânsito.  

E o dever?

Muitos gostam de exercer a sua cidadania reclamando e cobrando das autoridades medidas urgentes pelos problemas de seus bairros e isso está certo. Por outro lado temos que dar aquele “puxão de orelha” nas pessoas que só querem cobrar, mas que não fazem nada para ajudar e ainda acabam destruindo o pouco que temos como os pichadores e vândalos que continuam atacando as praças e outros locais públicos.  Cobre pelo seu direito, mas não se esqueça do seu dever.

 
Joomla Slide Menu by DART Creations

Conteúdo Exclusivo

Seja um assinante e tenha acesso a este conteúdo! Ligue agora!(15) 3246-3700

Pesquisar no Site:

Você está conectado através do IP: 54.145.103.69