Jornal Aliança

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Home Colunas Motivação Você já fez tudo que podia ser feito

Você já fez tudo que podia ser feito

E-mail

Recebo dezenas de mensagens de pessoas que se dizem vítimas do mundo. Igualmente recebo dezenas de mensagens de pessoas que que me contam suas histórias de sucesso apesar de toda a dificuldade que tiveram que enfrentar. Qual a principal diferença entre esses vencedores e os perdedores?
Depois de ler e analisar essas mensagens fico com a certeza de que a maior característica das pessoas vencedoras é que elas não ficam esperando que alguém as ajude. Não se iludem com promessas de auxílio fácil. Elas acreditam poder contar mesmo é com elas próprias, seu esforço e a ajuda de seu Deus. Elas vão atrás do seu sucesso e não se deixam levar por fantasias mirabolantes, enfim elas são “humildes”, isto é, vivem com os pés no húmus, no chão.
Assim, sem a ilusão de esperar a compaixão alheia, elas investem em si próprias: tomam um pouco do pouco dinheiro que possuem e investem em si próprias; um pouco do pouco tempo que possuem e investem em si próprias; um pouco da pouca energia que possuem e investem em si próprias. Elas se empurram para a frente mesmo quando a vontade seria a de reclamar, chorar, não ir. Elas passam do plano do choro, ao plano da ação.
A história das pessoas vencedoras nos empregos que possuem é clara: elas fazem cursos de inglês e aperfeiçoamento pessoal fora do horário de trabalho; elas participam de palestras mesmo sem o patrocínio da empresa; elas leem livros de sua área de atuação e vão atrás do conhecimento pela internet. Elas ajudam, participam, cumprem suas tarefas sempre buscando a excelência. Elas não perdem tempo com coisas que nada agregam ao seu futuro e então são promovidas com rapidez sob o olhar invejoso das que ficam pedindo promoção, reclamando e falando mal de seus colegas de trabalho. Pessoas perdedoras acreditam na saída fácil, num acontecimento mágico que as salvem. Vivem de ilusão e quase sempre se acham melhores e injustiçadas, vítimas de chefes e colegas e sempre se acham muito ocupadas, sem tempo para se aperfeiçoar e ajudar.
Pessoas vencedoras ultrapassam seus limites em tudo o que fazem: cuidam bem do relacionamento familiar; são amigos leais; buscam o autoaperfeiçoamento e dominam sua vontade desconfiando das coisas muito fáceis e das saídas mágicas. Elas não caem na armadilha do autoengano. Elas agem!
Nesta semana faça uma séria reflexão e se pergunte: tenho feito tudo o que posso para o meu sucesso pessoal e profissional? Ou estou esperando que alguém faça por mim?

 
Joomla Slide Menu by DART Creations

Conteúdo Exclusivo

Seja um assinante e tenha acesso a este conteúdo! Ligue agora!(15) 3246-3700

Pesquisar no Site:

Você está conectado através do IP: 23.22.240.119