Jornal Aliança

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Home Notícias Geral Mulher de 54 anos sonha encontrar sua família biológica

Mulher de 54 anos sonha encontrar sua família biológica

E-mail

Uma mulher de 54 anos está à procura de sua família biológica e precisa da sua ajuda para encontrá-la. Ela não quer se identificar por medo de chatear sua família adotiva, por isso não vamos revelar o nome dela, e a chamaremos aqui de “Maria”. Apenas revelaremos sua idade e data de nascimento. Até porque esses devem ser os únicos dados que a própria mãe biológica deve ter, de acordo com “Maria”. 

A história

A história de “Maria”, conforme ela nos contou começa em 1962. Ela nasceu na maternidade de Tatuí (SP) no dia 05 de abril daquele ano e foi deixada no hospital pela sua mãe biológica para que pudesse ser adotada. Na época, Benedita e Pedro, com 40 e 41 anos respectivamente, moradores de Pereiras (SP), já haviam sinalizado a maternidade que queriam adotar um filho e quando ela nasceu o casal foi chamado para conhecer a criança. Eles a adotaram e construíram uma família com a nova integrante. A menina chegou até os 8 anos sem saber de nada. Até que começou a ouvir das tias e parentes próximos que não seria filha legítima do casal. “Ninguém nunca disse abertamente, falavam em tom de brincadeira, depois disfarçavam, mas a suspeita surgiu quando eu ouvi o pai conversando com um vizinho sobre ter ido buscar um bebê em Tatuí. Foi aí que eu comecei achar que realmente eu era adotada, e mesmo sem ter a confirmação de que isso era verdade, já surgiu em mim à vontade de conhecer a minha mãe biológica. Em nenhum momento eu fiquei revoltada, ou coisa do tipo, amo muito a família que me adotou, mas daquele momento em diante, todas as vezes que saia na rua e via alguém parecida comigo já pensava; - Será que aquela é a minha mãe?”, disse “Maria”. A dúvida fazia fervilhar na mente da menina questões sem nenhuma resposta.

 “Eu não tinha coragem de perguntar para o meu pai, ele era uma pessoa muito reservada. E quando eu perguntava para minha mãe ela disfarçava, dizia: - Você é minha filha e pronto! Depois de um bom tempo, vendo minhas angustias, e de tanto eu questionar ela acabou me contando que foi me buscar na maternidade quando ainda tinha cinco dias, mas quando eu a perguntei sobre a minha mãe de sangue, ela disse que não sabia quem era, e não que tinha nenhuma pista de quem pudesse ser, ou que pudesse me ajudar a encontrá-la”, disse “Maria”.

Desde então “Maria” sonha em encontrar a família biológica e procura alguma pista que possa fazer chegar até ela. “Meu maior sonho é conhecer minha família biológica e ter irmãos. Minha mãe adotiva já está bem idosa, meu pai faleceu e eu já não tenho mais ninguém. Só ela, meu marido e meus três filhos. Quero conhecer a minha família legítima e fico fazendo planos pelo dia que isso irá acontecer. Eu não tenho raiva de ninguém, ao contrário do que pensam, eu só tenho muito amor por essas pessoas, mesmo sem conhecê-los. Sei que na época não era fácil criar um filho e gostaria de conversar com minha mãe, saber o que de fato aconteceu”.

A busca pela família

Na certidão de nascimento só constam os nomes de Benedita e Pedro. Este é o único documento da época. A esperança era ir até a maternidade de Tatuí, e pesquisar os arquivos para descobrir algo sobre o dia do seu nascimento e quais foram às pessoas quem deram entrada na Santa Casa naquele dia. Mas, lá não puderam ajudar e disseram que os arquivos antigos foram queimados acidentalmente em um incêndio.

Por isso ela precisa de nossa ajuda. Se você conhece alguém que está à procura de uma filha que nasceu do dia 05 de abril de 1962 na maternidade de Tatuí, ou sabe como ajudá-la, entre em contato com o Jornal Aliança pelo telefone (15) 3246-3700, ou envie e-mail para Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. .

 
Joomla Slide Menu by DART Creations

Conteúdo Exclusivo

Seja um assinante e tenha acesso a este conteúdo! Ligue agora!(15) 3246-3700

Pesquisar no Site:

Você está conectado através do IP: 54.224.18.114